Greg X. Volz

Gregory Xavier Volz  nasceu em 12 de Janeiro de 1950  em Peoria, Illinois.

Volz esteve no Petra em dois períodos: de 1979 a 1985, quando o Petra começava a despontar no cenário de gospel rock, e mais recentemente, de 2010 a 2012, quando se reuniu com a formação Classic Petra. Participou, ao todo, de oito álbuns da banda.

Greg X Volz (anos 1980)

Ainda bem cedo, Volz mostrou grandes conhecimentos em canto. Sendo autodidata, com 13 anos ele começou sua própria banda chamada The Wombats. Conforme ele ia crescendo, foi dividindo o palco com nomes como Janis Joplin, Chicago, entre outros. Ele também formou outra banda chamada Gidians Bible em Indianapolis. Em 1970, ele se converteu. Então, a Gidians Bible  se dezfez e junto com o baterista David Eden criou uma nova banda chamada Band , que fez parte do Jesus Movement. As gravações da E Band podem ser encontradas no LP duplo Because I Am, lançado em 1973. Foi nessa época que Volz se casou com Becky Britton, de quem se divorciou em 1990.

Após o fim da E Band, Volz se mudou para Springfield, Missouri, onde trabalhou com o lendário músico Phill Keaggy. Ele também interpretou o papel principal em um musical chamado Ezekiel.

Em 1976, Volz recebeu duas das ligações mais importantes de sua vida. Primeiro, ele foi convidado para ser vocalista do REO Speedwagon. Devido à sua fé cristã, Volz não aceitou. Seis semanas depois, ele recebeu o convite para participar no segundo álbum do Petra, Come and Join Us. Embora naquela época ele houvesse participado como cantor convidado, em apenas três músicas, o fundador e guitarrista Bob Hartman (que naquela época dividia os vocais com o também co-fundador e guitarrista Greg Hough) ofereceu a Greg Volz a posição de lead vocal .

Seu primeiro álbum como lead vocal, Washes Whiter Than,  veio em 1979 e iniciou um dos mais produtivos períodos da banda.  A partir desta época, Volz ajudou o Petra a obter uma sonoridade muito expressiva que iria pavimentar a carreira sólida que consagraria a banda nos anos que estavam por vir.

No início de 1985, Volz começava a sentir os efeitos das numerosas apresentações, que chegaram a estar entre 250 a 285 datas ao ano, por quatro anos consecutivos.  Como conseqüência disso, sua vida familiar estava se deteriorando e Greg anunciou aos companheiros da banda que ia sair do grupo dentro de nove meses. Durante o ano que se seguiu (entre 1985 e 1986), Volz dedicou mais tempo à família e então se aprofundou no material que lhe traria o primeiro álbum solo, The River is Rising. Também gravou outros três álbuns bem sucedidos.

Em meados dos anos 1990, Greg Volz decidiu se afastar por um tempo. Aparentemente, durante este tempo ele esteve envolvido com o processo de divórcio com sua esposa, Becky. Ele reapareceu em 1998 com uma série de novos álbuns lançados a partir desse ano.

Greg X Volz (2010)

Em 04 de Outubro de 2005, ele se juntou ao Petra  para a gravação de Farewell último álbum antes da banda decidir dar uma pausa em suas atividades. Ele dividiu o palco com John Schlitt para gravar um medley de baladas, chamado Acoustic Set, e finalizou com um dos maiores hits da sua época à frente do Petra, Graverobber.

Em Maio de 2010, voltou a se reunir com Bob Hartman, Louie Weaver, Mark Kelly e John Lawry, para a formação Classic Petra. Com isto, gravou o novo álbum Back to the Rock, e um DVD ao Vivo,  contendo regravações de antigos sucessos, e mais duas novas canções.  Também excursionou com a formação Classic até 2012.