John Schlitt (Jun/2011)

Neste mês de Julho, temos a felicidade de publicar uma entrevista inédita com John Schlitt, vocalista do Petra desde 1986.
Queremos agradecê-lo, em primeira mão por todo o seu carisma e simpatia em nos conceder esta entrevista, mesmo com tantos compromissos em que está envolvido para a produção de seu novo álbum, The Greather Cause.

Confira a entrevista, concedida a nós no início de Junho/2011:



PetraTribute: Ao longo dos anos, entre o Petra e a sua carreira solo, você coleciona uma legião de fãs que te amam, não apenas a sua inquestionável qualidade musical, mas também porque, onde quer que você vá, você demonstra ser uma pessoa muito carismática. É isso mesmo? Você está sempre de bom humor? Qual é o segredo para isto? Compartilhe isto conosco, por favor:

John Schlitt: Eu gostaria de poder dizer que eu sempre sou uma pessoa feliz – mas eu sou humano. Eu não sou assim o tempo todo. Quando estou em frente das pessoas eu tento fazer o meu melhor para ser à imagem de Cristo o máximo possível, e parte disto é honrar a cada pessoa na maneira como falo com elas, reconhecendo-as como parte da criação de Deus. Então não é uma coisa muito difícil ser simpático com as pessoas, que foram criadas por Deus.

Petra Tribute: Falando sobre o Head East, como eles reagiram quando você foi para o Petra? Daquela época para cá, você ainda tem contato com eles?

John Schlitt: Eles ficaram felizes por mim! Sabendo o meu passado, e de como eu mudei desde que me tornei cristão, eu acho que eles sentiram que, para mim, era exatamente a coisa certa a se fazer. Eles me deram apoio, e senti que eles estavam certos. Eu ocasionalmente tenho contato com alguns dos membros da banda (um já não está mais entre nós – ele já faleceu), mas não com regularidade.

Petra Tribute: Você fez parte do Dream Team do Petra (nós fãs chamamos aquela formação– a era “Beyond Belief” – desta forma). Você sente falta de algo daquele tempo? O que aquela época representa para você? Qual é o melhor momento daquela época?

John Schlitt: uma porção de ‘melhores momentos’ daquele tempo e também de  outras épocas e eras destes mais de 20 anos com Petra. Naquele tempo houve um momento emocionante porque estávamos fazendo uma turnê com Josh McDowell – que foi um evento fantástico onde se tinha um dos oradores mais famosos junto com uma das mais conceituadas bandas de rock cristão. Muita gente achou que isso não seria possível de se fazer, mas Deus abençoou o evento e ele aconteceu, mesmo com pessoas pensando o contrário.


Petra Tribute: Quando o Petra anunciou sua despedida dos palcos, o que você pensou a respeito disso? Alguma vez você pensou que jamais voltaria a cantar novamente com a banda? E, você acha que é dificil ficar longe do Petra, não só da banda, mas pelo que ela representa para o público na música gospel?

John Schlitt: Após a ‘aposentadoria’ da banda – não, eu não achei que eu iria cantar com Petra novamente. Nós tínhamos dado a nossa palavra de que Petra havia encerrado a carreira, e eu realmente senti que era o final. No entanto, deixamos uma abertura. Se Deus abrisse as portas e nossa volta fizesse sentido, pensaríamos sim sobre voltar a tocar. Várias vezes tivemos chances para fazer revivals e festivais, o que foi abrindo as portas para saírmos para tocar novamente. Foi muito engraçado… quando de repente  Deus foi abrindo as portas para fazermos outras coisas. Quanto uma a turnê de reunião da banda – não, isso nunca passou pela minha cabeça. Mas eu considerava fazê-la sim, mas apenas no Brasil.

Petra Tribute: O que você pensa e sente, quando você vê jovens, que ainda não haviam nascido quando você ingressou na banda, cantando e pulando loucamente com o som e as letras do grupo? Você considera o Petra uma banda imortal? Qual a diferença entre as bandas que vêm e se vão em poucos meses, ou anos, e o Petra?


John Schlitt: Eu penso apenas que são pessoas com a mente aberta julgando nossa qualidade musical. Tenho sido privilegiado por estar com ótimos músicos no Petra, e acho que isso desperta o interesse de pessoas de todas as idades. Imortal? Não, eu não iria tão longe! Mas eu creio que Deus pode usar as músicas e as letras das canções por um muito tempo, e aparentemente Ele decidiu usar o Petra para seguir Seus propósitos.

Petra Tribute: Quem são suas influências musicais? E seus artistas gospel favoritos?

John Schlitt: Primeiramente, eu procuro escrever canções que falam do plano do Espírito Santo, independentemente de influências de estilo musical e é aquilo: realmente, não sei te dizer. Tenho convivido entre muitas, e das mais diferentes bandas – seculares e cristãs – e ao longo dos anos estas acabam culminando no fato de que elas me influenciaram.

Petra Tribute: Você fez (com o Petra e sozinho) alguns duetos e participações especiais com outro artistas. Qual deles é o seu favorito e por quê? Existe qualquer artista / grupo que você ainda gostaria de cantar ou fazer um show? Você gostou de participar do Project Damage Control, com Louie Weaver, tempos depois da saída dele de Petra?

John Schlitt: Eu realmente não posso dizer ou escolher um artista favorito em detrimento de outro… Eu tenho tido o privilégio de trabalhar com alguns músicos muito talentosos nos últimos 20 anos. Não posso dizer que eu gostaria de cantar ou tocar com qualquer grupo em particular, mas estou sempre disposto a fazê-lo se eu sou solicitado. Project Damage Control consiste em músicas de uma banda dos anos 1980 chamado “Heartattack”. Não são músicas minhas, mas a banda me pediu para cantar as suas canções originais e gravá-las. Eu nunca deixei Nashville – tudo foi feito digitalmente, então eu nunca trabalhei com Louie pessoalmente neste projeto.


Petra Tribute: Sobre a formação Classic Petra, qual é a sua opinião sobre ela? A comparação que algumas pessoas fazem sobre você e Greg X Volz, te incomoda? Você acha que ter formações como a Early Years (Bob Hartman, Greg Hough, John DeGroff e Bill Glover) ou Dream Team (John Schlitt, Bob Hartman, Louie Weaver, John Lawry e Ronny Cates), para algumas apresentações, seria possível?

John  Schlitt: A formação Classic Petra era uma parte da mesma equipe que eu estava quando comecei com o Petra, embora sem o Greg X Volz, é claro, porque eu estava assumindo o seu lugar. Na época era o Dream Team para mim. Eu gostei muito de todos os caras, porque eles me encorajaram muito, principalmente por ser um novo cristão chegando a um o ministério cristão, que era muito diferente do que eu pensei que seria. Então eu agradeço a cada um deles como apoiadores de um artista novo que chegava em um novo ambiente. Eu sempre aprecio esses quatro caras, assim como Greg – eu sabia dele antes de eu entrar no Petra, e sempre pensava nele como um cantor incrível. Então, quem vai ver o Classic Petra vai ser abençoado. Tanto quanto outras formações – com Deus tudo é possível!

Petra Tribute: Você gostaria de gravar um novo álbum do Petra (com você, Bob, Greg Bailey e Cristian), com novas canções?


John Schlitt: Sim, eu adoraria. Se Bob estivesse escrevendo o tipo de música que ele sempre escreveu ao longo dos anos, é claro que eu adoraria fazê-lo. Seria uma bênção, como a sua música tem sido para tantas pessoas. E, sim, eu gostaria, porque seria legal! Greg e Cristian são excelentes músicos… seria algo muito divertido!


Petra Tribute: Sobre a possibilidade de fazer um show aqui no Brasil no próximo ano para comemorar os 40 anos, com a sua presença no palco, o que você pensa?

John Schlitt: Como eu disse antes, comemorar o 40º aniversário da banda no Brasil faz todo o sentido para mim. O Brasil sempre foi tão gentil com Petra, e tem usado o Petra de muitas maneiras. Se eu tivesse que fazer esta comemoração em qualquer lugar – o Brasil seria este local.

Petra Tribute: Somos imensamente gratos por você ter separado tempo para participar desta entrevista. Sinta-se livre para deixar sua mensagem aos fãs no Brasil e Argentina:

John  Schlitt: É sempre um momento emocionante quando eu tenho a oportunidade de ver meus amigos no Brasil ou Argentina. Estou muito ansioso para ir a São Paulo em 2012 – será um momento emocionante para todos! Deus abençoe vocês, e eu sinto saudade de todos!

Quer entrar em contato com John Schlitt?

Facebook: http://www.facebook.com/johnwschlitt


Website:  http://johnwschlitt.com/fans/mailinglist.htm

Twitter: @johnwschlitt