John Lawry (Dez/2011)

Dessa vez, nosso entrevistado é o grande tecladista John Lawry, que imprimiu sua marca na banda com sua incrível forma de tocar teclado, com performances eletrizantes. Lawry nos concedeu esta entrevista em Setembro/2011:

Por Marcelo Dutra e Renata Camore

PetraTribute: Olá John Lawry! Primeiramente gostaríamos de lhe agradecer pela atenção dando-nos esta entrevista. Fique à vontade pra expressar suas primeiras palavras:

John Lawry: Olá Pessoal!! Deus abençoe vocês 😉

PetraTribute: Antes de você entrar para a banda Petra nos anos 80, o que você fazia? Como surgiu o convite?

John Lawry: Naquela época eu havia me mudado para Nashville para ingressar na Joe English Band, onde eles me convidaram para participar da banda, depois que ele deixaram de acompanhar Paul McCartney, pois eles  queriam iniciar uma banda cristã em Nashville.
Foi aí que eu conheci os integrantes do Petra. Nós nos encontrávamos na estrada, em shows etc. Um dia recebi um telefonema deles me chamando para participar em algumas datas, porque eles precisavam de um tecladista para os shows, pois estavam buscando tecladistas naquele momento. Ainda durante a primeira turnê eles me convidaram para ficar. Eu ainda tinha compromissos com a Joe English Band, mas eu orei e disse a Deus que se Ele quisesse que eu me juntasse  eles que mantivesse a vaga aberta, e Ele a manteve.

PetraTribute: Você se lembra da sua primeira apresentação com o Petra? Como foi? Ficou tranqüilo ou nervoso?

John Lawry: Na verdade, me lembro de tocar, mas não me lembro onde. Não, eu realmente não fiquei nervoso naquele momento, pois tinha feito minha lição de casa e sabia as musicas. Até já estava acostumado a tocar ao vivo. Eu tocava com a banda do Joe English e também com Russ Taff. Porém, eu estava impressionado com o ministério 🙂



PetraTribute: O seu conhecimento e performance no teclado são conhecidos mundialmente. Como você desenvolveu seu estilo?

John Lawry: Uau! Eu nunca me considerei um bom tecladista! Eu tento tocar com o coração. Há grandes tecladistas por ai a fora, eu fico pasmo diariamente com os grandes músicos aqui em Nashville:) ! Como um tecladista, eu queria ser mais como um guitarrista. Ser mais emocional e também mais presente no palco. Eu agradeço a Deus pela bênção e Sua unção, por ser capaz de fazer o que eu fiz na minha vida.

PetraTribute: Seu solo de teclado nos albuns Captured in Time and Space e Farewell, com “Jesus, Jesus, Jesus loves you” ficou imortalizado para nós, fãs, como uma de suas marcas registradas. Como ele foi criado? Foi muito dificil de fazê-lo?

John Lawry: Não foi nenhum pouco dificil, eu tive sorte de ter um dos primeiros samplers (Fairlight 2x) daquela época. Eu o tinha comprado para fazer “samplear” orquestra e percussão, sons utilizados no álbum Beat the System. Antes de eu sair em uma turnê eu pedi para minha esposa (Stefanie) fazer uma gravação de voz no teclado, e meu filho (Jeremy)  também. Eu pedi para minha família dizerem coisas como “Eu te amo”,  “Olá”,  “Louvado seja o Senhor” e “Jesus Loves You”. E eu tocava essas “amostras” (samplers) durante as passagens de som para ouvir as vozes deles. Foi durante uma passagem de som que eu toquei “Jesus Loves You” e comecei a brincar com isso, e percebi que tinha uma qualidade musical (embora incomum) que manteve uma boa afinação.. Então eu comecei a escrever o pequeno pedaço clássico. O pessoal enlouqueceu ao ouvir, então eu toquei naquela noite e o resto é história! Depois, eu me lembrei de ter ouvido uma profecia um ano antes disso acontecer, uma pessoa me disse que Deus iria falar através do meu teclado. Eu não sabia naquela época que seria literalmente falar. O resto é história:)

PetraTribute: Você tocou com o Dream Team e Classic Petra nos anos 80-90, e fez uma participação especial no álbum Farewell. Agora você esta tocando novamente com a Classic Petra. Como você se vê tocando com cada uma dessas lineups?

John Lawry: Pra mim a melhor parte dessa lineup “Classic Petra” tem sido as lembranças  e estar nos reconectando como amigos e membros da banda.

PetraTribute: Como você está se sentindo estando no palco com a Classic Petra na turnê mundial Back to the Rock? E como está sendo a reação dos fãs nesses shows?

John Lawry: Tem sido muito divertido tocar para os fãs. Às vezes, as viagens são longas e os horários difíceis, mas eu realmente gostei de me reconectar com os fãs e também com o ministério.

PetraTribute: Sobre a era Beyond Belief e dos prêmios Grammy, qual a sua melhor lembrança? O que essa era significou pra você?

John Lawry: Esses foram anos bons! Muita diversão e às vezes eu ficava realmente surpreso com a popularidade da banda e pasmo com isso. Vimos grandes moveres de Deus e o sucesso da banda foi muito além do que eu poderia ter imaginado. Foi realmente uma bênção e um mover de Deus.

PetraTribute: Qual a canção do Petra que você mais gosta? E o por quê  desta escolha?

John Lawry: Uau! Eu tenho mais de uma canção favorita. Algumas das que são mais especiais para mim são Graverobber (por causa da família), e Hollow Eyes, porque esta é uma música sobre a minha infância. Tendo sido um órfão abandonado no Japão a sido adotado por americanos e ter vindo para os EUA. Então, ter uma carreira na música e no ministério foi além de qualquer coisa uma criança sem-teto no Japão poderia ter imaginado.

PetraTribute: Atualmente, quais são seus artistas/grupos gospel favoritos?

John Lawry: Existem vários artistas que eu respeito e aprecio. Eu realmente não tenho um favorito. Eu respeito cada artista pelo que eles têm feito, seu compromisso com o ministério, o que eles fazem, e seu compromisso, e também em que se baseiam suas canções, e não necessariamente precisam ser uma banda.

PetraTribute: Como sua família vê a sua carreira?

John Lawry: Minha esposa sempre me apoiou no ministério e sempre esteve lá para me encorajar. Ela ama a Deus e está impressionada com a fidelidade de Deus e as bênçãos que ele nos tem concedido. Os filhos, bem, são filhos (risos!), e agora que eles são mais um pouco maiores, são tocados pelo ministério mais do que quando eram pequenos. E assim era (“Hey, é isso que nosso pai faz!!”)  🙂

PetraTribute: O que você tem feito nestes anos em que você não estava com o Petra?

John Lawry: Tenho sido produtor musical nos bastidores, trabalhando com artistas diferentes. Também tenho sido engenheiro de gravação e proprietário de um estúdio de gravação. Eu sempre amei a ciência da música, não apenas a performance. Na verdade, eu fiz faculdade em eletrônicos e, em seguida, voltei como um major em música. Eu tive o prazer de trabalhar com muitos grandes artistas: Você pode vê-los no www.allmusic.com ou ir ao meu site www.johnlawry.com . Também foi uma honra para mim produzir e ser engenheiro do álbum “Back to the Rock” da formação Classic Petra e também o DVD Live e Live CD “Back to the Rock Live”!

PetraTribute: Qual foi seu melhor momento com o Petra? E o mais curioso?

John Lawry: Uau! Eu não posso defini-lo um a um. Tive  muitos momentos: meu filho (Jeremy) voando da Coréia quando o adotamos a partir de um orfanato e ele estava voando para os EUA enquanto eu estava no palco dando o meu testemunho durante o concerto “Captured in Time and Space”; também alguns dos grandes moveres de Deus foi quando estávamos com Josh Mcdowell.

PetraTribute: John, nós somos muito gratos a você por estes momentos preciosos com você nesta entrevista! Que Deus sempre abençoe a você, sua família e seu ministério! Sinta-se à vontade para dizer para os fãs brasileiros e argentinos suas palavras finais:

John Lawry: Obrigado a todos que tem apoiado o Ministério de Petra, seja através da compra de música (digital, cd´s, dvd´s ou indo aos shows) e/ou também orando por nós. Muito obrigado! Nós não poderíamos ter feito o que Deus nos permitiu fazer, sem seu apoio!


Quer entrar em contato com John Lawry?

Facebook -> http://www.facebook.com/profile.php?id=1617228468

Website: www.johnlawry.com