Bill Glover (Set/2010)

(Na foto acima, Bill Glover é o terceiro da esquerda para a direita)

Bill Glover, o primeiro baterista do Petra, atou nos três primeiros álbuns da banda. Nesta segunda entrevista, não dá prá esconder o quão felizes ficamos em tê-lo encontrado! Uma pessoa incrível, alegre e divertida, que Deus tem abençoado muito! Em algumas respostas,você verá o toque de humor dele, que procuramos preservar para deixar a entrevista mais próxima do tom descontraído em que a fizemos.


Petra Tribute: Olá Bill! Primeiramente, gostaria que você soubesse que, para nós, é um grande prazer fazer esta entrevista contigo! Queremos que também saiba o quão importante você é para  nós, fãs, por ter sido um dos fundadores do Petra. Fique à vontade prá dizer suas primeiras palavras aos fãs do Brasil e da Argentina:

Bill Glover diz: Saudações a todos os Petheads na América do Sul, especialmente do Brasil e Argentina.  Envio bênçãos a vocês no nome poderoso de Jesus Cristo. Ele é a rocha que “rolou” prá longe nossas tristezas! Amém!

Petra Tribute: Como foi para você, no início dos anos 70, no meio da igreja tradicional, iniciar uma banda de gospel rock? O que vocês (os quatro membros originais) realmente tinham em mente?



Bill Glover diz: Nós éramos músicos de rock que já conhecíamos a  Jesus! Ele é a resposta! Nós começamos a tocar música rock que glorificava a Deus, em vez de falar de sexo, por exemplo. O guitarrista original, Greg Hough, teve uma visão com o nosso trabalho onde  nós tocaríamos “rock para Deus” em todo o mundo, e para milhões de pessoas! Basta pensar: tendo sido lavados pelo sangue do Cordeiro, procuramos fazer um Rock & Roll santo para Jesus! Ninguém havia ouvido falar de tal coisa! Alguns diziam que era impossível glorificar a Deus com música rock. Eles (a igreja) diziam que Satanás foi responsável pela música rock. Eu digo: Satanás jamais criou nada! Ele roubou a música rock e a transformou em um grande negócio, que promove um estilo de vida de ganância e depravação.


Petra Tribute: Por quê você saiu da banda antes dos anos 80, numa época em que a banda começou a decolar para o sucesso?

Bill Glover revela: “Eu me casei e tivemos um filho quase que imediatamente. Infelizmente, apesar de ser um ministério importante, com o Petra não estava obtendo dinheiro suficiente para sustentar esposa e filhos, e ter segurança. Tive de arranjar um emprego que pudesse sustentar minha família e que também poderia oferecer-nos segurança. Além disso, pessoalmente, eu tinha problemas de saúde mental que precisavam ser tratados. Sofro de Transtorno de Estresse Pós-Traumático, Depressão e Ansiedade, por ter sido molestado quando era criança e ter sido violentado por um adulto. Então, na época também procurei me tratar, e então finalmente encontrei médicos e um terapeuta que me ajudaram a nivelar este problema e ser mais uma pessoa mais confiável em mim mesmo.


Petra Tribute: Através dos anos, outros bateristas foram te substituindo no Petra. Você gostou do estilo de cada um deles? Qual, não sua opinião, seria o estilo mais marcante?

Bill declara: Honestamente, eu gosto muito de um dos últimos bateristas do Petra (aquele que tocou em Jekyll & Hide – Paul Simmons), e o acho melhor do que qualquer um dos outros. Durante um bom tempo o Petra batalhou muito prá encontrar bons bateristas. Mas esta é a minha opinião.


Petra Tribute: O Petra teve várias fases musicais. Você gostou de todas essas mudanças? Você poderia fazer um breve resumo delas?

Bill reflete: “Se gostei das mudanças? Sim e não.  Eu gostei mesmo da fase dos anos 70 e 80, e também da formação que fez a Farewell Tour, que realmente estava muito boa!


Petra Tribute: O que você fazia antes de entrar para a banda? E o que tem feito e faz atualmente?

Bill pensa sobre seus anos de adolescente, bem mais jovem, e diz rindo: “Eu tocava bateria! Antes de eu ajudar a fundar o Petra, quando saía do ensino médio, por volta dos 17 anos, e me mudei para Nashville para tocar bateria e excursionar pelo país, com artistas que já gravavam, como Gene Cotton. Antes eu toquei em evento de verão com The Roemans, a banda de Tommy Roe. Eu também fiquei alguns meses tocando e excursionando com o Young American Showcase. Eu tenho tocado em diversas bandas desde que saí do Petra também. As bandas The Couriers and Shame Shame estavam entre as melhores que toquei. Enquanto vivia no Texas eu toquei com o Texas Tornado, e Dempsey Krinshaw. Enquanto vivia em Chicago, toquei com vários grandes artistas de blues de West Chicago. Eles realmente “balançavam as estruturas”! Durante todo esse tempo eu participei do ministério de louvor e adoração na igreja! Eu tenho feito isso por toda a minha vida, desde que eu tinha 15 anos, e eu, ainda agora, estou neste caminho!

Petra Tribute: Qual foi, nos primeiros anos do Petra, a sua melhor experiência com a banda? E situações curiosas, você pode nos contar alguma?

Bill Glover: O melhor concerto que foi realizado com Petra foi em Odessa, no Texas. Foi ao ar livre. O evento Foi anunciado como um concerto de rock do Petra, e as rádios rock locais divulgaram com destaque, para toda a comunidade, canções de nosso primeiro álbum. Tudo foi produzido por uma igreja local que realizou o concerto com o objetivo de salvar almas. Estávamos com a banda ali porque atendíamos ao chamado de Deus. Uma das experiências curiosas foram o fato de termos tocado na inauguração de parques e também tocar nossa música (rock pra Jesus) em estacionamentos, para que todos ouvissem!


Petra Tribute: Como é o seu relacionamento com os outros membros fundadores da banda (DeGroff, Hough e Hartman). Vocês se vêem com freqüência?

Bill Glover: Pessoalmente, tenho  um bom relacionamento com os membros fundadores. Sou amigo de todos eles!

Petra Tribute: Em Novembro de 2005, você esteve com DeGroff e Hough, numa performance ao vivo na Farewell Tour que foi realizada na Primeira Assembléia de Deus em Ft Wayne, onde você tocou com Bob Hartman, John Schlitt, Greg Bailey e Paul Simmons. Como foi esta experiencia?

Bill Glover: Incrível! Fui abençoado por esta oportunidade que me foi concedida! Sou abençoado por fazer parte da longa história de ministério cristão do Petra! O show foi ótimo e a platéia permaneceu o tempo todo de maior parte do tempo de pé! O Petra “balançou as estruturas” da “casa de Deus” naquela noite!


Petra Tribute: Recentemente, você esteve no evento Reunião de 40 anos de Adam´s Apple com John e Lloys Honeytree. Na ocasião, você pôde tocar com DeGroff e Hough clássicos do Petra como Backslidin Blues e Rockin On With Jesus. Parece ter sido bem excitante, não é mesmo? por favor, conte-nos um pouco mais sobre o evento:

Bill Glover: John Lloyd e Nancy Honeytree são dois impressionantes servos de Deus e também  grandes artistas também! Ambos têm sido uma grande bênção para o Petra e de grande incentivo para mim, pessoalmente falando. O evento foi organizado em apenas quatro semanas por Honeytree via Facebook! O reencontro anos 40 foi um grande sucesso! John,  Greg e eu “arrebentamos” nos blues!!


Petra Tribute: Se você pudesse ter escolhido um álbum do qual queria ter participado, qual teria sido?


Bill Glover: “Not of This World”. Eu poderia ter realmente arrebentado nesse álbum! Maravilhoso, com músicas fantásticas, mas a bateria estava fraca. A intenção do produtor era usar um músico de estúdio. Isso raramente funciona, na minha opinião. O Petra começou como um conceito de banda de verdade. Todos os quatro membros estavam envolvidos em tudo na banda! Era mais como uma democracia, você sabe, todo mundo falando a mesma língua. Após a formação original ter acabado, estou certo de que as coisas mudaram, porque Bob foi o único membro original que permanceceu. Ele teria, naturalmente, abordado tudo de forma diferente.

Petra Tribute: Como você vê a música gospel hoje? Você acha que os artistas cristãos hoje em dia tem aproveitado a vantagem da visibilidade que têem para levar a Palavra de Deus, que é o principal objetivo deles?


Bill Glover: A música gospel, INCLUINDO a música cristã contemporânea está indo muito bem! O Louvor e Adoração moderna está crescendo cada vez mais! Algumas das bandas são muito boas e também originais, mas com sons muito parecidos. Eu gostava mesmo das antigas bandas   77’s, e Three Crosses, que foram ótimas. Elas eram bem originais!


Petra Tribute: Quais são seus cantores/grupos cristãos favoritos?

Bill Glover: Larry Norman, Randy Stonehill, Glass Harp, Tom Green, Bob Dylan, 77’s, Three Crosses, Third Day são meus preferidos!

Nota: Bob Dylan, o famoso músico secular, no final dos anos 70, se converteu ao cristianismo e, além de ser membro de uma igreja, passou a gravar canções gospel, com letras cristãs.



Petra Tribute: Qual é a sua canção favorita do Petra? Por favor, nos diga a razão da sua escolha:

Bill Glover: Get Back to the Bible, de “Petra” e God Gave Rock And Roll To You, de “Come & Join Us”.  Eu amo a mensagem de ambas as músicas! Na primeira, a ordem é Volte para a Palavra de Deus,  na segunda, a idéia de que você se lembr que Deus criou a música e tudo mais para que nós também nos alegrássemos! O diabo só tentar roubar o que Deus faz e tenta distorcê-lo para fazer avançar sua agenda maligna.

Petra Tribute: Já esteve alguma vez na América do Sul, especialmente Brasil e Argentina?

Bill Glover: Não, mas eu quero muito! Por favor, orem para que eu possa encontrar uma maneira de vir a ser ministro na América do Sul! Eu sou um ministro já ordenado para pregar Palavra de Deus! Eu tenho pregado e intercedido por todos me pedem para orar por eles. Tenho lecionado música e escrevo também canções para que meus alunos possam louvar a Deus com elas.


Petra Tribute: Bill, muito obrigado, do mais profundo dos nossos corações, por sua atenção ao ter nos concedido esta entrevista! Que Deus sempre abençõe por todo o trabalho que você  fez, tendo ajudado a criar a banda que tanto admiramos! Você sabe quantos frutos ela tem dado e  também, quantas vidas foram ganhas para Cristo, não é mesmo? Deixe sua mensagem final para os fãs do Brasil e da Argentina!

Bill Glover: Para finalizar, meus irmãos e irmãs, meu desejo é que vocês sejam cheios do Espírito de Deus, vivendo na Palavra de Deus. Suas promessas são verdadeiras! E, saibam que de Deus não se zomba, e nós colheremos  o que plantarmos.  Se semearmos para a carne, ceifaremos coisas corruptíveis. Se semearmos para o Espírito, ganhamos a vida eterna! Deus os abençoe em Nome de Jesus!

Bill Glover também gostaria de estar em contato com você:

Facebook -> http://www.facebook.com/profile.php?id=100000434073736#!/barnabusbill?ref=ts